Instalando o Rails e suas dependências no Linux

Instalando o Rails e suas dependências no Linux

Neste post nós vamos focar em instalar as dependências do Rails, indo desde o Git até o próprio framework, mostrando um passo a passo pra galera que está começando ou até mesmo quem já está por dentro do mundo e precisou formatar o PC (vish!).

 

O que vamos instalar:

  •  Git
  •  NodeJs
  •  Yarn
  •  RVM
  •  Ruby
  •  RubyGems
  •  Redis
  •  Postgres
  •  Rails

 

Sem mais delongas, vamos para os steps!

 

Git: O Versionador de Código

1. Primeiro, vamos atualizar o repositório:

 

2. Agora instalaremos o Git:

 

3. Depois de instalado, precisamos executar dois comandos de configuração:

Este comandos são para configurarmos corretamente o nome e o email que aparecerão nas mensagens de commit.

 

 

NodeJS

1. Adicione o repositório do NodeJS:

Estamos instalando a versão 8 do NodeJS.

 

2. Execute o comando para instalar:

 

 

Yarn

1. Primeiro, precisamos adicionar a chave GPG

 

2. Agora vamos adicionar o repositório do Yarn:

 

3. Por último, vamos atualizar o repositório e instalar o Yarn:

 

 

RVM: Ruby Version Manager

1. Instalar o RVM com o comando:

 

2. Após a instalação, precisamos executar o comando para começar a usar o RVM:

 

 

Ruby

Para instalar o Ruby, utilizaremos o RVM. Então, caso ainda não tenha instalado, basta ir até a sessão do RVM.

1. Executar o comando para instalar a versão 2.4.4 do Ruby:

Caso seja necessário instalar outra versão do Ruby, basta substituir o valor 2.4.4 por outra que você precise 😀

 

2. Este comando é para que possamos utilizar a versão 2.4.4:

Neste comando também podemos acrescentar –default para que o RVM utilize esta versão por padrão

 

 

RubyGems

Ao instalar o Ruby pelo RVM no passo anterior, o RubyGems também já vem instalado. Porém, com o RVM nós podemos alterar a versão do RubyGems para uma versão específica se quisermos.

1. Vamos selecionar a versão do Ruby que instalamos:

 

2. Podemos verificar a versão do RubyGems com o comando:

Verifique e guarde o valor que foi retornado

 

3. Agora vamos alterar a versão do RubyGems com o comando:

Estamos utilizando o –force porque a versão 2.4.4 do Ruby vem por padrão com o RubyGems 2.7.6 e estávamos fazendo um downgrade. Poderíamos também ter utilizado qualquer outra versão além da 2.7.2.

 

4. Agora verifique novamente a versão do RubyGems

O valor retornado foi 2.7.2, pois instalamos uma versão diferente da padrão.

 

5. Para voltar a versão normal basta executar:

Caso a versão padrão não seja a 2.7.6, você pode substituir este valor pela versão que for necessária.

 

 

Redis

1. O primeiro passo é baixar o arquivo compactado do Redis

 

2. Descompactar o arquivo baixado:

 

3. Entrar no diretório descompactado:

 

4. Executar os comando para instalar:

 

5. Para iniciar o server em modo daemon podemos executar o comando:

Com este comando, ele executa o server do Redis em backgroup, não ocupando a nossa sessão.
Caso você não queira, basta remover a opção –daemonize yes.

 

6. Para pararmos o Redis em modo daemon, podemos executar:

 

 

PostgreSQL

Para o Postgres, seguiremos uma sequencia maior de passos, pois instalaremos o banco de dados e faremos uma configuração para podemos criar um usuário admin e não precisarmos utilizar o postgres.

Este passos foram retirados do post Deploy Rails: Construa seu APP para a Digital Ocean facilmente

 

1.  Para instalar, vamos executar:

 

2. Agora vamos instalar uma dependência da Gem pg que é utilizada por padrão em projetos Rails:

 

3. Vamos abrir o arquivo chamado pg_hba.conf do Postgres. Como instalamos a versão 9.5 no Postgres, que é a versão que está no repositório do Ubuntu, este arquivo está no caminho:

 

4. Aberto o arquivo, vamos procurar a linha que contém o seguinte conteúdo:

 

5. Agora vamos substituir a palavra “peer” por “trust“, ficando deste jeito:

O que fizemos aqui foi setar uma configuração dizendo que é permitido logar localmente em todos os banco de dados com o usuário postgres sem senha.

 

6. Feito isso, vamos reiniciar o Postgres para que as configurações tenham efeito:

 

7. Agora vamos conectar no Postgres com o usuário postgres sem senha:

 

8. Agora vamos executar um comando SQL para podemos configurar a senha do usuário postgres:

Não esqueça de trocar <sua senha> pela sua senha 😉

 

9. Feito isso, vamos sair do Postgres e abrir novamente o arquivo pg_hba.conf  (/etc/postgresql/9.5/main/pg_hba.conf)

 

10. Substitua a linha abaixo que alteramos anteriormente:

Pelo seguinte conteúdo:

Agora estamos reconfigurando o Postgres para que o login (com o usuário postgres ) seja feito com uma senha encriptada em MD5, por isso que ao alterarmos a senha, nós utilizamos “WITH ENCRYPTED PASSWORD”, para que a senha seja salva em MD5.

 

11. Agora vamos reiniciar novamente o Postgres

 

12. Logar no Postgres com o usuário postgres digitando a senha que foi configurada anteriormente:

 

13. Agora vamos criar um novo usuário no banco para a aplicação:

Novamente, não esqueça de colocar o seu usuário e sua senha no lugar de <seu usuario><sua senha>.

E uma observação importante, o nome do usuário deve estar sem aspas e a senha deve estar com aspas simples.

 

14. Agora vamos conceder privilégios de super usuário para ele:

 

 

Rails

Agora a cereja do bolo e não menos importante, o Rails. Para instalar o Rails vai ser muito simples e para isso precisaremos ter o RubyGems instalado (ele está alguns passos acima).

 

1. Para instalar a versão 5.2.0, basta executar:

No caso de instalar outra versão do Rails, é só substituir o valor 5.2.0 por outra versão da sua preferência 🙂

 

Conclusão

Este foi um tutorial rápido e concentrado do que tem espalhado pela web. Então, não se esqueça, sempre que precisar reinstalar as dependências do Rails do zero, basta seguir este passo a passo.



12 formas de vencer o bloqueio criativo e escrever textos memoráveis (e 6 dicas extras)

Não perca nenhum conteúdo

Receba nosso resumo semanal com os novos posts, cursos, talks e vagas o/




Você é novo por aqui?

Primeira vez no OneBitCode? Curtiu esse conteúdo? O OneBitCode tem muito mais para você!

O OneBitCode traz conteúdos de qualidade e em português sobre programação com foco em Ruby on Rails e outras tecnologias como Angular, Ionic, React, desenvolvimento de Chatbots e etc.

Se você deseja aprender mais, de uma forma natural e dentro de uma comunidade ativa, visite nosso Facebook e nosso Twitter, veja os screencasts e talks no Youtube, alguns acontecimentos no Instagram, ouça os Podcasts e faça parte de nossa Newsletter.

Além disso, também estamos com alguns e-Books muito interessantes para quem deseja se aprimorar como programador e também como freelancer (os e-Books são gratuitos!):

Espero que curta nossos conteúdos e sempre que precisar de ajuda com os tutoriais, fala com a gente! Seja por Facebook ou e-mail, estamos aqui para você 🙂

Bem-vindo à família OneBitCode o/

0 0 vote
Article Rating
janeiro 17, 2020
Subscribe
Notify of
guest
45 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo
Rodrigo
2 anos atrás

Por que o Redis é uma dependência do Rails? Está certo isso? Ou o Redis é usado pelo PostgreSql? E é opcional ou obrigatório? Obrigado pela ajuda.

Francisco
Francisco
2 anos atrás
Reply to  Rodrigo

Fala Rodrigo, não é uma dependência do Rails nem mesmo do PostgreSQL, você instala se for utilizar em seus projetos.

Guira
Guira
2 anos atrás

Para quem teve o erro abaixo no “make test” na instalação do Redis:
You need tcl 8.5 or newer in order to run the Redis test´

Basta instalar o tcl:sudo apt-get install -y tcl`

Marcia Cogitare
Marcia Cogitare
2 anos atrás

Oi galera, sou nova neste mundo da programação. E achei genial a iniciativa de vcs sobre criar um app baseado na Netflix. Quero muito participar, mas minha inabilidade não tá ajudando rs.
Seria possível um help?.

Meu Linux Mint dá permissão negada , mesmo no root.

Parei no passo 3 do PostgreSQL

Hug

Guira
Guira
2 anos atrás

Oi Marcia, cola o erro aqui, vamos ver.

Marcia Cogitare
Marcia Cogitare
2 anos atrás
Reply to  Guira

Oi Guira, obrigada, o Leonardo tá me dando um help.

Quelugar maravilhoso esse aqui, tem pessoas sempre querendo ajudar 😀

Hug

Leonardo Scorza
2 anos atrás

Opa, como vai Marcia?
Fico muito feliz que esteja gostando 🙂
Qual problema você está tendo?

Marcia Cogitare
Marcia Cogitare
2 anos atrás

Oi Leonardo, obrigada por dar um help.
Segue a mensagem do terminal

marciacogitare-X45U marciacogitare # /etc/postgresql/9.5/main/pg_hba.conf
bash: /etc/postgresql/9.5/main/pg_hba.conf: Permissão negada

Victor Cesar
Victor Cesar
2 anos atrás

Bom dia!
No passo 3 do pgsql , quando tento acessar(executar) o arquivo pg_hba.conf consta que não tenho permissão , mesmo executando chmod 751 para ele o terminal me responde que a operação não é permitida.
Não consigo de modo algum abrir o arquivo para dar sequencia.

Poderiam me ajudar pf?

Samuel
Samuel
2 anos atrás
Reply to  Daniel Moreto

root@sam-Notebook:/home/sam/redis-stable# /etc/postgresql/9.5/main/pg_hba.conf
bash: /etc/postgresql/9.5/main/pg_hba.conf: No such file or directory
eu digito isso e não da certo . Parece que meu postgre ta na versão dez e mesmo colocando a versão certa não consigo editar o arquivo e quando eu uso o “nano” aparece um arquivo vazio.

Alguém por favor me ajuda, queria configurar isso o mais rápido possível!! kkkkkkkkkk

Samuel
Samuel
2 anos atrás
Reply to  Samuel

Já consegui resolver, agora ta dando outo problema

Fabio
Fabio
2 anos atrás

Fala mano, não to consguindo instalar o rails, alguem pode me ajuda? segui passo a passo o tutorial e da esse erro:
pc@pc-pc ~ $ gem install rails -v 5.2.0
ERROR: While executing gem … (Gem::FilePermissionError)
You don’t have write permissions for the /var/lib/gems/2.3.0 directory.

Caio Nolasco
2 anos atrás

Pessoal, bom dia, sou iniciante em linux estou com um problema ao executar o comando:
-sS https://dl.yarnpkg.com/debian/pubkey.gpg | sudo apt-key add –

Aparece para mim:
-sS: comando não encontrado
gpg: nenhum dado OpenPGP válido encontrado.

Caio Nolasco
2 anos atrás
Reply to  Daniel Moreto

Nosa verdade muito obrigado Daniel, funcionou perfeitamente

Caio Nolasco
2 anos atrás
Reply to  Caio Nolasco

*Nossa

Alicia
Alicia
2 anos atrás

Olá!
No passo 13, quando coloco a senha no comando CREATE USER WITH ENCRYPTED PASSWORD
retorna esse erro: psql: FATAL: password authentication failed for user “postgres”

Jéssica Inácio da Costa
Jéssica Inácio da Costa
2 anos atrás
Reply to  Daniel Moreto

Olá, Daniel.

Encontro o mesmo erro, porém antes do passo 13. Na verdade, na transição do passo 12 para o passo 13, logo após reconfigurar o Postgres para que o login seja feito com senha criptografada.

Jéssica Inácio da Costa
Reply to  Daniel Moreto

Oi Daniel! É na hora de fazer o login. Tentei algumas soluções que encontrei em fóruns mas nada deu certo.

Wagner
Wagner
2 anos atrás

Estou com o mesmo probema.

Rodrigo
Rodrigo
2 anos atrás

Fala galera, não teria um tutorial desse para windows ou vocês só vão trabalhar com linux nesse curso?

Jéssica Inácio da Costa

Olá, Daniel.

Estou com o seguinte problema aqui:

/etc/postgresql/9.5/main/pg_hba.conf
bash: /etc/postgresql/9.5/main/pg_hba.conf: Arquivo ou diretório inexistente

Pode me ajudar?

Obrigada!

Leonardo Scorza
2 anos atrás

E ai Jéssica 🙂
Verifica se a versão que você instalou do postgres não é outra, caso seja, ajuste na rota (por exemplo /etc/postgresql/10.3/main/pg_hba.conf).
\o/

Jéssica Inácio da Costa

Valeu Leonardo!

A versão é 10.4, mas o erro persiste. Onde mais o arquivo poderia estar?

Obrigada!

Jéssica Inácio da Costa
Jéssica Inácio da Costa
2 anos atrás

Consegui, com /etc/postgresql/10/main/pg_hba.conf, ao invés de 10.4. Agora estou com outro problema que comentei numa pergunta feita por outra pessoa, entre as etapas 12 e 13.

ISMAEL SIDNEY BARROSO DE BRITO
ISMAEL SIDNEY BARROSO DE BRITO
1 ano atrás

fiz todas as alterações do postgres mas ao restartar e pedir a senha informa que minha senha não funciona.
psql: FATAL: password authentication failed for user “postgres”

ISMAEL SIDNEY BARROSO DE BRITO
ISMAEL SIDNEY BARROSO DE BRITO
1 ano atrás

deu certo aqui!!! maldito ; não criava a senha pq não estava colocando ele

Claudinei Aparecido Perboni

Obtendo um erro ao usar o rvm use 2.4.4.
Error running ‘requirements_debian_update_system ruby-2.4.4’,
please read /home/perboni/.rvm/log/1542676592_ruby-2.4.4/update_system.log
Requirements installation failed with status: 100.

Na verdade só consegui instalar o rvm, através do:
cd
wget http://ftp.ruby-lang.org/pub/ruby/2.4/ruby-2.4.4.tar.gz
tar -xzvf ruby-2.4.4.tar.gz
cd ruby-2.4.4/
./configure
make
sudo make install
ruby -v

Porém, mesmo assim não consigo usar o rvm.
Alguém tem ideia do que esta acontecendo. Valeu

Jefferson Garcia
Jefferson Garcia
1 ano atrás

boa tarde a tods eu estou com um problema nessa parte, na parte (/etc/postgresql/9.5/main/pg_hba.conf).
não consigo abrir o arquivo para editar, alguém pode me ajudar.

Guilherme
Guilherme
1 ano atrás

Ola
Eu sou usuario de Windows e queria saber se essas dependências também funcionaram no meu pc antes de começar a instalar todas elas

Diogo
Diogo
1 ano atrás

Primeiro nao consigo correr o make test de jeito nenhum, da erro sempre. Tentei avançar para o postgresql e depois de alterar no arquivo para md5, o servido não reinicia de jeito nenhum, não sei mais o que fazer. Já estou há mais de duas horas nisso e não consegui nem configurar as tecnologias necessarias

luiz roberto amaral holanda

Daniel, no caso de utilizar o virtualBox é necessario instalar outro software para que haja comunicacao entre o windows e a VM que permita o rails funcionar?

Jonatas Moreira
10 meses atrás

Parabéns Daniel, essa publicação é top, toda vez (tenho um vício ruim de testar distro linux, e não gosto de manter dual )que formato a máquina volto nesse artigo, seguindo os passos ( com exceção do Elementary OS) sempre fica redondinho as configurações! Muito Grato!

Arthur Xavier
Arthur Xavier
7 meses atrás

Boa tarde estou tendo este erro no vscode ao rodar uma aplicação em rails:

zsh: /mnt/c/Ruby26-x64/bin/rails: bad interpreter: ruby: no such file or director

Sasa
6 meses atrás

Fico imaginando a mercadoria que vai dar para este comando:

(sudo curl -sL https://deb.nodesource.com/setup_8.x | sudo bash -)
Se eu esqueci de por o ” – ” que tem no comando , sim o traço no fim do comando.
Pergunto: O estrago vai ser grande?

Sérgio
Sérgio
3 meses atrás

Eu percebi uma coisa nessa instalação do RVM, se tu fechar o terminal e digitar ruby -v ele vai apresentar uma mensagem informando para instalar o mesmo, então rodo o comando
source ~/.rvm/scripts/rvm e tudo volta a funcionar, tem como resolver isso?

Feito com s2 por OneBitCode
45
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
%d blogueiros gostam disto: