Ruby On Rails: 10 dicas rápidas para facilitar sua vida

Alguma vez enquanto programava, você já descobriu algo novo e ficou pensando: “Como não soube disso antes? Isso teria me ajudado muito!”.

Neste artigo você conhecerá 10 dicas que podem facilitar tanto sua vida de desenvolvedor Ruby On Rails que você desejará ter as conhecido antes, então vem com a gente o/

 

1. Rails Console: Recarregando Arquivos

Provavelmente você já entrou no rails console para testar algum código, depois foi até seu projeto e realizou alterações neste código, e por fim, desejou testá-lo novamente e precisou fechar e abrir novamente o rails console para utilizar o código atualizado.

O comando reload! serve exatamente para recarregar os arquivos de seu projeto, evitando que você tenha que fechar o rails console e abri-lo novamente.

 


 

2. Rails Console: Modo Sandbox

Muitas vezes utilizamos o rails console para realizar testes salvando registros em nosso banco de dados, mas não desejamos que eles continuem lá depois de finalizar este processo.

Já se pegou excluindo vários registros por causa disso?

Para evitar esta tarefa, utilize a flag  --sandbox junto ao rails console. Com issovocê definirá que todas as modificações no banco de dados realizadas ali serão revertidas após fechar o rails console.

 


 

3. Rails Console: Acessando o último resultado avaliado

Uma dica bem legal é que você pode acessar o ultimo resultado do rails console utilizando o caractere _ (underscore). Em alguns casos isso pode poupar nosso tempo.

Por exemplo:

Dentro do rails console, calcule quanto é 10 * 2 – 5 e depois utilize o caractere _ para somar + 3 ao resultado da operação anterior.

O underscore sempre representará o ultimo resultado avaliado no rails console.

 


 

4. Navegação Segura

Para que você compreenda, imagine o seguinte cenário:
Você tem um objeto chamado user, que é dono de uma account, e esta account tem um billing address.

Para não correr o risco de tentar acessar o endereço de cobrança de um usuário que não possui conta, você já pode ter feito isso

 

O rails torna está tarefa mais compacta e eficiente através do método try.

Este código retornará o billing_address ou nil se algum valor ao longo dessa cadeia for nulo. No entanto, esta ainda não é a melhor solução.

 

Para este caso utilize a navegação segura, que é feita utilizando apenas o operador&.

Ela é semelhante ao método try, tendo apenas como diferença ser menos verbosa e mais elegante.

 


 

5. Hash#Dig

Leve em consideração o mesmo problema apresentado na navegação segura, porém, com o uso de Hash.

Imagine que você recebeu o seguinte parâmetro:

params[:user][:account][:billing_address]

 

Para realizar alguma instrução caso o parâmetro billing_address existir, você já deve ter feito algo do tipo

 

Neste caso, utilize o método dig , que é uma solução mais compacta e elegante.

Ele é semelhante ao try e safe navigation, porém, utilizado em Arrays e Hashs.

 


 

6. Rake Notes

Você sabia que é possível utilizar comentários para marcar partes importantes do seu projeto, como as que ainda devem ser implementadas, ou então, as que tem algum problema a ser resolvido?

Isso pode ser feito através de comentários que começam com # TODO ou # FIXME

 

Veja isso em um exemplo que tem um método com erro e outro método que ainda deve ser implementado

 

Para ver quais partes estão com anotações, abra seu projeto pelo terminal e rode o seguinte comando.

Ele exibirá a linha onde o comentário está, o tipo de anotação que é, e a mensagem desta anotação.

 


 

7. Analise a velocidade do seu código

Alguma coisa está lenta para ser executada em seu projeto? (Model, Controller, Query…)

No rails você pode utilizar o Benchmark.ms para avaliar o tempo gasto na execução de um bloco de código e descobrir o que não está legal.

 

A seguir, veja um exemplo sobre como avaliar esse tempo:

Assim, você pode avaliar o tempo de execução e experimentar alternativas para aumentar a performance de seu código.

 


 

8. Rails Stats

No rails, existe um comando chamado rails stats  responsável por exibir estatísticas sobre sua aplicação .

Executando ele você saberá a quantidade de linhas, classes, métodos e etc.

 

Para ver estas informações basta apenas abrir o terminal, ir até seu projeto e executar o seguinte comando:

 


 

9. Rails Console: Fazendo Requisições Internas

Já pensou em testar suas Rotas dentro do rails console e sem precisar levantar o servidor?

Você provavelmente não deve saber, mas é possível fazer requisições internas dentro do rails console utilizando um objeto chamado app.

 

A seguir, veja como fazer uma requisição com o rails console.

 


 

10. Método uniq

Pense que você tem uma tabela chamada Evaluation, e salvou as notas de 40 alunos dentro dela.
Existem 5 tipos de notas (exp: 1, 10, 8, 8.5), e você quer saber dentre elas, quais foram as notas tiradas.

 

No ruby, existe um método chamado uniq que pode te ajudar a realizar esta tarefa. Ele retorna os valores de um array evitando duplicidade.

Basei-se no código a seguir para criar um array com valores de notas e depois executar o método uniq sobre ele.

Você terá como resultado valores únicos => ['A', 'B', 'C']

 

Para complementar essa ideia, veja a seguir um exemplo utilizando uma pesquisa no banco de dados da sua aplicação.

Esta dica é muito útil, e uma hora ou outra você precisará dela para visualizar valores de forma única!

 

 

Conclusão

É importante conhecer ferramentas e técnicas para tornar seus códigos cada vez melhores e para evitar perda de tempo com trabalhos repetitivos,
neste artigo você conheceu as 10 dicas que te ajudarão a ser mais eficiente e a produzir códigos com mais qualidade.

 

Gostou das dicas?

Faça um comentário nos contando o que achou deste artigo e se você gostaria de receber mais dicas de Ruby on Rails por aqui, também deixe algumas dicas que você já conhece para tornar o dia a dia de programação mais eficiente.

Não esqueça de compartilhar essa publicação com seus amigos,
Muito obrigado o/

 



12 formas de vencer o bloqueio criativo e escrever textos memoráveis (e 6 dicas extras)

Não perca nenhum conteúdo

Receba nosso resumo semanal com os novos posts, cursos, talks e vagas \o/



 


Você é novo por aqui?

Primeira vez no OneBitCode? Curtiu esse conteúdo? O OneBitCode tem muito mais para você!

O OneBitCode traz conteúdos de qualidade e em português sobre programação com foco em Ruby on Rails e outras tecnologias como Angular, Ionic, React, desenvolvimento de Chatbots e etc.

Se você deseja aprender mais, de uma forma natural e dentro de uma comunidade ativa, visite nosso Facebook e nosso Twitter, veja os screencasts e talks no Youtube, alguns acontecimentos no Instagram, ouça os Podcasts e faça parte de nossa Newsletter.

Além disso, também estamos com alguns e-Books muito interessantes para quem deseja se aprimorar como programador e também como freelancer (os e-Books são gratuitos!):

Espero que curta nossos conteúdos e sempre que precisar de ajuda com os tutoriais, fala com a gente! Seja por Facebook ou e-mail, estamos aqui para você 🙂

Bem-vindo à família OneBitCode \o/

junho 10, 2019

4
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Josimar CamargoIsmar SantosWagner BragaAlexandre Nunes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Alexandre Nunes
Visitante
Alexandre Nunes

Dicas bem legais. Realmente úteis para o dia a dia. Parabéns!

Wagner Braga
Membro
Wagner Braga

Muito legal. Vários comando dá hora… gostei muito do “app/get ‘route'”

Ismar Santos
Membro
Ismar Santos

Muito bom!

Josimar Camargo
Visitante
Josimar Camargo

Ótimas dicas

Feito com s2 por OneBitCode
%d blogueiros gostam disto: