Vim: Introdução ao editor produtivo (Comandos e Plugins)

Vim: Introdução ao editor produtivo

Fala galera! Vim compartilhar um pouco da minha experiência com Vim, esse editor de texto que gera várias discussões acaloradas entre os desenvolvedores.

Neste artigo veremos uma introdução ao Vim que vai facilitar o aprendizado de quem está iniciando e também vamos aprender o passo a passo de como transformar o Vim em uma “IDE” para o desenvolvimento Ruby on Rails.

Pontos do artigo:

  • O que é o VIM
  • Como instalar
  • Comandos importantes por modo
    • Outros comandos úteis
  • Como editar nosso primeiro arquivo
  • Como preparar uma Ide de desenvolvimento Ruby On Rails com o Vim
    • Como instalar o Vundle
    • Instalando o primeiro Plugin
    • Lista de plugins da “IDE” Ruby On Rails

 

O que é o VIM

O Vim é um editor de texto extremamente configurável, ele foi criado para poder permitir a edição de texto de forma produtiva, eficiente e confortável. Ele é o aprimoramento do editor Vi por isso o nome Vim (Vi IMproved, em português Vi Melhorado).

O Vim é tão conhecido e respeitado pelos programadores que muitos o consideram como uma IDE de desenvolvimento de tão útil e versátil que ele pode ser.

Ele é capaz de reconhecer mais de 500 sintaxe de linguagens de programação e marcação, possui mapeamento para teclas, macros, abreviações, busca por expressões regulares entre outras coisas.

 

Como instalar o Vim

Primeiro vamos instalar-lo, verifique qual é o comando para o seu OS:

Ubuntu ou Debian, rode no console:

Fedora ou CentOS, rode no console:

Mac, rode no console:

Windows, faça o download e siga: https://www.vim.org/download.php#pc 

Os modos

O Vim trabalha com vários modos de operação (a função das teclas muda de modo para modo) então irei explicar os três mais utilizados (Normal, Visual e Inserção) e alguns comandos importantes de cada modo:

 

Modo Normal

É nesse modo que o editor inicia e ele serve para você navegar e manipular o texto, caso você esteja em outro modo basta pressionar “ESC” para voltar a ele.

vim normal
Tela de exemplo do VIM

 

Comandos:

Para navegar no texto:

  h ……  move o cursor um caractere para a esquerda                                                                                                  

  j ……   move o cursor para a próxima linha                                                                                                  

  k ……  move o cursor para a linha anterior                                                                                                 

  l ……   move o cursor um caractere para a direita

 

Para deletar:

 dd ……  deleta a linha atual                                                                                                                 

 D ……  deleta o restante da linha                                                                                                           

 d$ ……  deleta do ponto atual até o final da linha                                                                                         

 d^ ……  deleta do cursor ao primeiro caractere não nulo da linha                                                                            

d0 ……  deleta do cursor ao início da linha  

 

Para copiar:                                                                                                                                                               

y  …..  copia a linha atual                                                                                                                 

ye …..  cópia do cursor até o final da palavra                                                                                              

yb …..  cópia do começo da palavra até o cursor                                                                                             

p …..  Para colar em modo normal                                                     

 

Modo Visual                                                                                                                       

Neste modo podemos selecionar blocos de texto para editar, quando selecionado é exibido um destaque visual no que foi selecionado (é uma das melhores formas de se copiar no vim)

Vim visual
No que é possível selecionar os textos nesse modo e que a baixo do terminal está escrito “VISUAL”

 

Comandos:

Para acessar o modo visual (a partir do modo normal):

  v …..   seleção de caracteres

  V …..  seleção de linhas inteiras

  ^V …..  seleção de blocos

 

Modo Inserção                                                                                                                               

Esse modo é onde você pode escrever e modificar o texto.

Vim Inserção
Note que a baixo está escrito “INSERT” sinalizando que podemos digitar o texto.

 

Comandos

Para entrar no modo de inserção:                                                                   

a   …..  inicia o modo um caractere após o atual                                                                                             

i    …..  inicia o modo um caractere antes do atual                                                                                            

A  …..  inicia o modo no final da linha                                                                                                     

I   …..  inicia o modo no começo da linha  

 

Outros comandos úteis

Alguns comandos adicionais para que você não passe apertado na hora de usar pela primeira vez o Vim 🙂

Para salvar e sair: Digite a tecla :w (modo normal)

Para sair do vim e fechar: Digite :q

Para sair e salvar: Digite :wq ou ZZ (no modo normal)

Sair sem salvar nada: Digite :q!                                                                                  

Para desfazer o último comando: Digite u (modo normal)

Para refazer: Aperte as teclas Ctrl + R (modo normal)                                                                                     

 

Editando o nosso primeiro arquivo

Para você “sentir” como é utilizar o Vim, vamos criar um arquivo de exemplo e editá-lo juntos 🙂

1 – No seu terminal rode o seguinte comando para criar um arquivo:

2 – Abra o arquivo no Vim rodando:

3 – Agora dentro do Vim pressione a tecla “i”, em baixo deve aparecer a mensagem “INSERT”

4 – Insira o seguinte texto:

5- Aperte “ESC” para sair do modo edição

6 – Pressione “v” para entrar no modo visual

7 – Selecione usando as “setas” todo o texto do arquivo

8 – Depois de selecionado pressione “y” para copiar

9 – Aperte “ESC” para sair do visual

10 – Aperte “i” para voltar ao modo Insert

11 – Pule uma linha indo até o final da frase e apertando “enter”.

12 – Aperte “ESC” para voltar ao modo normal

13 – Pressione “p” para colar o que havia copiado antes \o/

medo vim
O resultado será o mostrado na tela

 

14 – Digite :wq para salvar e sair do arquivo.

 

Pronto, você editou seu primeiro arquivo com Vim \o/
Pode parecer um pouco assustador, mas fica mais natural a medida em que você vai utilizando o editor 🙂

“IDE” de desenvolvimento Ruby On Rails com o VIM

Agora que sabemos os comandos básicos do vim vou mostrar como instalar os plugins necessários para transformar o Vim em uma “IDE” para desenvolvimento Ruby On Rails.

 

O que é o Vundle

Para gerenciar e instalar os plugins no vim é possível usar uma ferramenta chamada Vundle que funciona como o bundler do ruby ou o Npm do Javascript.


Instalando o Vundle

1 –  Rode no seu console:

2 –  Crie (ou abra) com seu editor de texto o arquivo de configuração do Vim que fica em ~./vimrc e coloque nele:

Pronto agora já temos o Vundle instalado então podemos começar a instalar plugins no vim com ele.

 

Instalando o Primeiro Plugin

Agora eu vou mostrar o passo a passo de como instalar o seu primeiro Plugin (vim-rails), depois nós veremos a lista completa de plugins que vão nos a ajudar a completar nossa “IDE” Ruby On Rails.

1 -Abra novamente seu arquivo ~/.vimrc e insira essa linha antes de “call vundle#end()”:

2 – Abra o editor rodando:

3 – Agora digite:

vundle plugins

4 – Para sair é só digitar :q

Pronto, agora você já tem o plugin instalado no seu editor usando o Vundle.

 

Lista de plugins para completar a “IDE” Ruby On Rails

Instale os plugins a seguir como você fez com o primeiro Plugin logo acima para ter a sua “IDE” Ruby On Rails completa:

Obs: Leia a documentação de cada um deles para entender melhor as funcionalidades e como utilizar 🙂


1 – scrooloose/nerdtree                                                                                                                        

Esse plugin é muito popular e indico para quem está começando e precisa ou quer ter algum tipo de navegação de arquivos, o nerdtree é exatamente para isso.

nerdthree                                                                                                                                                                                                                                            

2 – ctrlpvim/ctrlp.vim                                                                                                                         

Este plugin é um fantástico buscador fuzzy, você liga o localizador difuso a algum atalho e digita o nome do arquivo ou do caminho e ele vai encontrar.     

 

3- tpope / vim-surround                                                                                                                    

Útil para cercar palavras com parênteses, colchetes e citações.     

                                                                                             

4 – jiangmiao / auto-pares                                                                                                                     

Digite “[”  e ele adiciona o fechamento. Muito útil.

                                                                                                                                              

5 – vim-scripts / tComment                                                                                                                     

É um ótimo plugin para comentar grandes arquivos ou linhas                                                                                         


6 – tpope / vim-fugitive                                                                                                                       

Git wrapper, com ele você pode fazer commit, push e muito mais sem sair do editor.

 

7 – tpope / vim-bundler                                                                                                                        

Atalho para o bundle do Ruby On Rails (ele traz o highlight para o Gemfile e etc).                                                                 

8 – slim-template / vim-slim  

Esse plugin fornece highlight para os arquivos do tipo slim caso você utilize.

 

9 – tpope / vim-endwise                                                                                                                        

Adiciona “end” depois do “if”, “def”, “do” entre outros comandos do Ruby.

 

10 – thinkbot / vim-rspec       

Executa os testes do Rspec direto na janela do editor.    

 

No final da instalação você vai ficar com uma “IDE” Ruby On Rails com a seguinte aparência:

vim editor


Conclusão

Neste artigo nós aprendemos os comandos básicos para dar os primeiros passos no Vim, como usar o Vundle e configuramos nosso editor como uma “IDE” Ruby On Rails.

O Vim pode parecer um pouco assustador no começo, mas com o tempo os atalhos se tornam mais naturais e a produtividade vai crescendo dia após dia, vale a pena ver com seus próprios olhos. Então bora testar \o/

 



12 formas de vencer o bloqueio criativo e escrever textos memoráveis (e 6 dicas extras)

Não perca nenhum conteúdo

Receba nosso resumo semanal com os novos posts, cursos, talks e vagas \o/




Você é novo por aqui?

Primeira vez no OneBitCode? Curtiu esse conteúdo? O OneBitCode tem muito mais para você!

O OneBitCode traz conteúdos de qualidade e em português sobre programação com foco em Ruby on Rails e outras tecnologias como Angular, Ionic, React, desenvolvimento de Chatbots e etc.

Se você deseja aprender mais, de uma forma natural e dentro de uma comunidade ativa, visite nosso Facebook e nosso Twitter, veja os screencasts e talks no Youtube, alguns acontecimentos no Instagram, ouça os Podcasts e faça parte de nossa Newsletter.

Além disso, também estamos com alguns e-Books muito interessantes para quem deseja se aprimorar como programador e também como freelancer (os e-Books são gratuitos!):

Espero que curta nossos conteúdos e sempre que precisar de ajuda com os tutoriais, fala com a gente! Seja por Facebook ou e-mail, estamos aqui para você 🙂

Bem-vindo à família OneBitCode \o/

abril 9, 2018

Deixe um comentário

8 Comentários em "Vim: Introdução ao editor produtivo (Comandos e Plugins)"

avatar
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Kadu Simões
Membro

Ótimo post!! Vim é incrível.. fora que me esta me ajudando muito a melhorar minha produtividade! 0/

Daniel Moreto
Membro

Excelente post, João! Enriqueceu muito a minha opinião sobre o Vim. o/

Jorge Lemos
Visitante

Não conhecia o poder do Vim, neste fui apresentado à excelentes funcionalidades que mudaram a minha opinião sobre a ferramenta.
Parabéns João, continue assim!!!

Felipe Boldrini
Visitante

Uma postagem muito útil, servindo como guia, dando uma ótima ajuda para quem quer experimentar essa ferramenta. Já pude programar lado a lado com esse profissional e posso garantir suas palavras nesse ensinamento, essa ferramenta realmente acelera e aumenta o rendimento do profissional com o tempo e pratica.

Wellington Moraes
Membro

Ótimo post, recommend tambem o vim bootstrap, projeto muito bom https://vim-bootstrap.com

Leonardo Sant'ana
Visitante

Muito bom o post. Parabéns João !!

Alberto
Visitante

Não esquecer de adicionar call vundle#end() " required ao final do arquivo .vimrc.

Leonardo Scorza

Boaaa 🙂

Feito com s2 por OneBitCode
%d blogueiros gostam disto: